Esta pequena biografia de Santa Francisca Romana não tem outro propósito que o de tornar mais conhecida no Brasil essa grande santa da Igreja Católica. Está organizada como se fosse uma entrevista, em que, num encontro imaginário, quatro jovens perguntam e um estudioso da Santa responde.

Muitas são as lições a tirar da vida de Santa Francisca Romana, tão ligada ao Céu e, ao mesmo tempo, à cidade em que morava. Nunca saiu de Roma mas, no entanto, foi mais longe que qualquer outro ser humano poderia almejar, em suas visões do inferno, do purgatório e do paraíso.

Santa Francisca nasceu em 1384 na Cidade Eterna. Ela desejava permanecer virgem e queria ser religiosa, mas seu pai insistiu para que se casas- se ainda muito nova com um jovem aristocrata, com quem teve três filhos. Francisca fundou a confraria de oblatas beneditinas e, quando seus filhos cresceram e seu marido faleceu, passou a viver com suas oblatas como superiora geral.

Em 1608, o Cardeal São Roberto Belarmino, defendendo sua canonização, afirmou que Santa Francisca merecia as honras dos altares, tanto mais que viveu santamente três estados diferentes de vida – a virgindade, a castidade conjugal e a viúvez no claustro – ser- vindo, portanto, de modelo de virtude a todos. Ela foi canonizada no dia 29 de maio de 1608.

 

Ficha técnica:

Autor: José Carlos Zamboni

Páginas: 112

Editora: Ecclesiae

 

 

Para comprar o livro: